Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Kazuk Hardware – Blog

Como montar um PC: entenda como escolher as peças-chave!

Nada melhor do que ter em casa um computador que se alinhe diretamente às suas necessidades, não é mesmo? Nest post vamos dar algumas dicas de como montar um PC e comentar o porquê dessa ser a melhor opção para quem busca uma nova máquina. 

Por que montar o seu computador?

Comprar um computador pronto é inegavelmente prático: você chega na loja, pergunta sobre uma ou outra especificação, leva a máquina fechada pronta para ser ligada e utilizada. No entanto… é possível, dessa forma, ter certeza de absolutamente tudo sobre o PC? Na maioria das vezes, não. 

Os fabricantes costumam evidenciar, é claro, os pontos altos do computador, como o processador, a memória RAM e a capacidade de armazenamento. Mas e quanto à placa mãe? E ao cooler? 

Montando a própria máquina você tem certeza da qualidade de cada um dos componentes, bem como pode escolhê-los com base no que mais faz sentido para as suas necessidades e o uso que você fará do PC. 

É uma tarefa que é, certamente, um pouco menos prática e que exige muita pesquisa, mas que vale muito a pena. Por isso vamos dar algumas dicas de por onde você deve começar, e explicar quais são as peças-chave que não podem faltar em um computador.

Entenda bem as suas necessidades

Se você não sabe onde quer chegar, o caminho não faz muita diferença. O mesmo acontece com um computador e, portanto, é importante entender por qual razão você precisa dele para que suas capacidades possam ser definidas de acordo com isso e seu custo-benefício faça sentido. 

Para quem usa o computador, em geral, para acessar a internet ou trabalhar com edições de planilhas e textos, não existe a necessidade de uma placa de vídeo superpotente ou uma memória RAM poderosa. No caso de um gamer ou produtor de conteúdo audiovisual, já é indicado prestar mais atenção a esses componentes, que podem oferecer uma experiência de uso muito melhor. 

Para começar o planejamento da montagem de um PC, faça uma análise do seu perfil de usuário e anote quais são as suas prioridades: uma máquina ultrarrápida? Muito espaço de armazenamento? Um computador mais barato? Essas são as primeiras decisões que você precisa levar em consideração.

Faça pesquisas

Após analisar e listar suas necessidades, comece a fazer algumas pesquisas relativas a marcas e componentes que você já conhece para começar a ter ideia tanto da compatibilidade entre as peças quanto do investimento que será demandado. 

como montar um pc - faça pesquisas

As pesquisas iniciais podem te dar uma primeira ideia de como equilibrar suas prioridades com as possibilidades existentes no mercado.

Estabeleça um orçamento

Calcular e definir valores é sempre uma parte mais chatinha: é agora que lembramos que não basta apenas sonhar alto, é preciso ter os pés no chão para realizar. Na etapa da pesquisa com certeza já deu para perceber que um pouquinho a mais de dinheiro é sempre possível conseguir uma peça de custo benefício melhor.

No entanto, é de pouquinho em pouquinho que se chega ao final montando uma máquina muito mais cara que o previsto. Se você tem uma quantidade de dinheiro reservada para esse investimento, faça o possível para se fixar a ela e cometer o mínimo possível de deslizes. Ao calcular o valor, preveja inclusive uma margem para além dele à qual você tem condições de alcançar e, depois dela, é melhor parar – afinal, na hora de montar um PC o céu é o limite e é muito fácil se descontrolar.

Defina sua plataforma e seu processador

Se você já fez a “lição de casa” de pesquisar e entrou um pouco mais no universo dos computadores já sabe que a maioria dos modelos existentes usa processadores da Intel ou da AMD, as duas opções mais comuns de plataformas do mercado atual.

Essa é uma decisão que tem que ser tomada logo no início, pois, além de terem preços e performances bastante diferentes, definirão a compatibilidade de algumas peças que você precisará escolher adiante.

A Intel é a marca de processadores mais famosa do mundo, e esse sucesso, certamente, tem uma explicação: eles possuem maior performance, e seus núcleos são mais rápidos e eficientes, costumando vencer os processadores equivalentes da AMD. 

como montar um pc: defina o processador

Os modelos de processadores da Intel costumam ser mais caros, mas oferecem mais performance.

Eles oferecem mais flexibilidade, possuindo compatibilidade com diferentes modelos de placa mãe e facilitando, assim, a escolha das peças. Sua eficiência energética também é melhor, já que ele precisa de menos energia para funcionar e, consequentemente, demora mais a se superaquecer.

Os modelos da AMD, no entanto, trazem a vantagem do preço, bem como costumam oferecer uma placa de vídeo integrada com performance superior às dos processadores Intel equivalentes. Isso significa que, para um usuário que busque um PC gamer mais barato, a plataforma AMD pode fazer sentido por rodar jogos mais básicos com melhor qualidade gráfica por um preço menor.

Atente-se à placa mãe

A placa mãe é uma das peças mais importantes do computador, pois é a responsável por organizar e gerenciar todas as outras peças de hardware, fazendo com que elas trabalhem em conjunto. 

Não faz muito sentido investir em um superprocessador e ignorar a importância da placa mãe, porque é ela que vai comandar o trabalho da máquina como um todo, e, futuramente, permitir upgrades e atualizações. O ideal, portanto, é comprar uma placa que tenha compatibilidade com os modelos de processadores mais recentes e que suporte, também, as tecnologias mais atuais. 

Não se esqueça da memória RAM

A memória RAM é a memória recente do computador. Ela é a responsável por guardar todas as informações que precisam ser utilizadas no momento – e descartá-las assim que elas não forem mais necessárias, para não ocupar espaço à toa. 

Ela é acionada sempre que você executa alguma função no computador: clica em um arquivo, abre um aplicativo, carrega um novo programa e muito mais. Por conta disso, para que você tenha um computador rápido, é interessante buscar uma memória de boa frequência e com maior capacidade de armazenamento. 

Essa, no entanto, é uma peça relativamente fácil de fazer upgrade. Se você não conseguir investir em uma top de linha no momento, vale comprar uma mais barata e se programar para trocar depois. 

como montar um pc: memória ram

A memória RAM é a memória de acesso recente do computador, que guarda as informações necessárias para executar as funções do momento.

Armazenamento é essencial

Até não muito tempo atrás, os HDs eram a única tecnologia de armazenamento possível para os computadores, mas agora, cada vez mais, os SSDs vêm se popularizando e são a opção mais vantajosa, apesar de um pouco mais cara.

Por não possuírem partes móveis em sua constituição, os SSDs não sofrem falhas mecânicas e são muito mais rápidos na hora de salvar, ler e acessar os dados do PC: enquanto a velocidade de um HD vai até 200 MB/s, os SSDs partem de 200 e chegam até 2500 MB/s. Além disso, sua vida útil é mais longa e seu nível de ruído é bastante menor que o de um HD. 

Por serem a tecnologia mais moderna existente, os SSD são, sim, consideravelmente mais caros que os HDs.  Contudo, são mais eficientes e, por isso, são menos espaçosos. Sendo assim, ao decidir entre um HD ou SSD, vale mais a pena comprar o segundo com um pouco menos de espaço do que o primeiro, mesmo que seja maior. 

Escolha uma placa de vídeo

Se você já está nervoso pensando nessa quantidade toda de peças, a boa notícia é que a placa de vídeo é opcional! Deve-se levar em conta, mais uma vez, o seu perfil de usuário da máquina para entender se a placa de vídeo integrada ao processador supre as suas necessidades ou se é interessante investir em uma mais potente.

Para gamers e produtores de conteúdo audiovisual, essa é uma peça que costuma atrapalhar bastante o caminho, quando não é tão boa. Esses perfis precisam de mais performance gráfica do que os usuários comuns, e portanto faz sentido investir em uma boa placa de vídeo. Se esse não for o seu caso, pule esse item sem peso na consciência!

como montar um pc: placa de vídeo

Uma placa de vídeo de alta performance costuma ser um dos itens mais caros da montagem do computador, mas é essencial para um PC gamer.

Agora falta pouco: fonte e refrigeração

A fonte de um computador é responsável por levar a energia da tomada até os componentes, fazendo com que ela se transforme em uma corrente contínua de alimentação. Quando esse trabalho não é executado da maneira correta, as peças de hardware mais sensíveis começam a se danificar com facilidade. Por conta disso, não faz sentido investir em componentes caros e deixar de lado a fonte. 

A refrigeração é outro assunto de suma importância, visto que o superaquecimento é uma das principais causas de danos em computadores. Busque um gabinete de desktop com suporte a bons sistemas de resfriamento e não deixe de comprar um bom cooler para sua CPU. 

Dica de ouro: busque fornecedores confiáveis

Um bom computador, montado com componentes de qualidade, costuma exigir um bom investimento – mas se os seus fornecedores forem confiáveis, a máquina certamente vai valer o custo e te acompanhar por bons anos. 

Se estiver pensando em como montar um PC, conheça os produtos de informática Kazuk, a marca de hardware brasileira criada em 2019 que une tecnologia de ponta ao melhor custo benefício para garantir o acesso de todos a produtos de informática de excelente qualidade! Para conferir, é só clicar no banner! 

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio